Fuja quem puder

Ayia maratuldë! Vamos falar sobre filmes? Esse que venho a falar é O Terremoto: a Falha de San Andreas (a falha de Santo André em português, mentira, na verdade é San Andreas mesmo, pelo fato de ser nome próprio, mas falha de Santo André fica comico) eu achei o filme fantástico! Bem, mas vamos iniciar!
  • História real
Melhor dizendo, crença real, acredita-se que duas placas no território californiano vão se encontrar e causar terremotos e separar a costa oeste do resto dos EUA... Para isso acontecer teria de ser um baita terremoto, que deve ou deveria acontecer em qualquer momento, estamos vulneráveis às ações da natureza. Acredita quem quer, e o diretor do filme aproveitou a criatividade dele e criou a possível separação da costa oeste (igual a pangeia). Mais detalhadamente essa falha geológica é tendencial que se estende por 1300Km, e as placas são chamadas de Placa do Pacífico e Placa Norte-Americana. Começou a crer nessa história quando grandes abalos sísmicos ocorreram em 1906 na cidade de São Francisco.
Conforme o Instituto de Pesquisas Geológicas dos Estados Unidos, o estado da Califórnia apresenta 99% de chances de ser atingido, nas próximas três décadas, por um terremoto superior a 6.7 graus.
  • Sinopse
Um terremoto que atingiu a Califórnia, e cria uma grande situação devastadora, onde existe o Ray (bombeiro piloto de helicóptero) que precisa salvar sua filha e ex-mulher desse caos em São Francisco, num terremoto fortíssimo com terras se abrindo no meio, tsunamis, prédios quebrando, casas pegando fogo e pessoas desesperadas para pegar coisas caras no mercado, carros, e igualmente fugir desse pesadelo.
  • Opinião
Bem, na minha humilde opinião tenho como o filme o melhor da minha vida. Vai ter gente que não vai curtir muito, mas eu vivi intensamente cada segundo do filme, quando cheguei no cinema com minha prima pensei que ia ter todo aquele enrolamento de filme, mas não, do início ao filme me subiu uma adrenalina enorme, eu me senti na cena, percebi também que os atores interpretaram muito bem, porém eu sinceramente achei que a Lori (Sarah Waynes, ex-atriz de The Walking Dead) iria ficar perfeita no papel da ex-mulher de Ray, pois ela tem uma cara mais sofrida, mas ok.
O trailer não dá spoiler nenhum, eu achei perfeito como eles escolheram a cena sem falar um "a" do filme. O filme tem um script perfeito, eu sinceramente sabia o fim, mas foi bem tenso, você tem que ter uma coisa em mente, claro que você pode ver o filme sem essa ideia, mas eu me coloquei na cena completamente (não é muito spoiler o que eu vou falar) mas quando um prédio desmorona eu senti como se ele estivesse caindo em mim, me senti ali, com dificuldade de respirar, com fome, sem ideia do que fazer, mas com vontade de sobreviver, me senti descobrindo cada acontecimento e ligando os pontos, senti os cacos de vidro perfurando minha pele, e a poeira o calor no meu lado, quase senti a dor deles e o desespero de ter alguém ao seu lado nesse local, já imaginei zumbis, familiares do outro lado do mundo, força militar se deslocando para lá, livros de geografia sendo atualizados, e quanto isso iria cair no enem hahahaha. Bem depois de seguir essa linha de raciocínio, considero que o filme foi bem produzido.
  • Nota: 5 estrelas.
Diretor e atores:
  • Dwayne Johnson como Ray
  • Carla Gugino como Emma
  • Alexandra Daddari como Blake
  • Ioan Gruffudd como Daniel Riddick
  • Archie Panjabi como Serena
  • Paul Giamatti como Lawrence
  • Art Parkins como Ollie
  • Will Yun Lee como Dr. Kim Park
  • Hugo Johnstone-Burt como Ben

O diretor é Brad Preyton com o roteirista principal Carlton Cuse, sendo realizado pela Warner Bros. O filme tem duração com cerca de 128 minutos.

xxLuanaxx

Um comentário:

  1. Olá Luana, tudo bem?

    Adorei o seu blog, parabéns pelo excelente trabalho!
    Estou te seguindo pelo G+

    Att.,

    Pathy
    http://lendoemqualquerlugar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir